Experiência de Fé Diária

MARIA LUIZA ANDRADE NASCIMENTO - IGREJA SANTANA - JC SANTANA - SP

Por: Secretaria de Experiência de Fé
Editoria: Experiência de Fé Diária

  

Desde 2006, vinha sofrendo com dores pelo corpo: pernas, braços, tronco, cabeça e coluna. As dores eram tantas que, em certos dias, mal conseguia me levantar.

Por mais que fizesse exames, eles não acusavam nada de anormal. Fiz várias sessões de fisioterapia, mas nada aliviava minhas dores. Além disso, sentia uma forte ansiedade e tristeza profunda, que eu não sabia de onde vinham, uma vez que tenho um marido e filhos maravilhosos e não enfrentava problemas financeiros.

Em setembro de 2018, quando estava caminhando pela rua, uma senhora me ofereceu um pequeno arranjo floral e perguntou se gostaria de receber uma oração.

Naquela hora, recusei ambos e respondi que estava com pressa e que retornaria em outra oportunidade. Entretanto, alguns metros à frente, senti um aperto forte no peito, como se alguém me dissesse para voltar e aceitar aquela oração. Decidi retornar e foi quando recebi Johrei pela primeira vez.

Depois disso fui para casa e, no dia seguinte, acordei com uma sensação de alívio, pois quase não sentia aquelas dores que me acompanhavam por tantos anos.

Passei a frequentar o Johrei Center diariamente e a ser acompanhada por uma missionária que, entre outras coisas, me explicou a importância de cultuar nossos antepassados. Com o passar dos dias, sentia-me cada vez melhor. Aos poucos, fui deixando de tomar os analgésicos, e a tristeza e ansiedade começaram a se dissipar até desaparecerem por completo. Eu estava cada vez mais alegre e tranquila.

Após vivenciar esses milagres, manifestei o desejo de fazer parte da obra de Meishu-Sama e ter a oportunidade de oferecer a salvação a outras pessoas, assim como aquela senhora fizera por mim ao me oferecer a flor e o Johrei pela primeira vez.

Iniciei as aulas de Primeiras Noções Messiânicas e tive a permissão de receber o Ohikari (Medalha da Luz Divina).

Sinto que ganhei nova vida ao me livrar das dores que me acompanharam durante tantos anos. Por esse motivo, não tenho palavras para agradecer a permissão de ter conhecido o Johrei e sei que, por mais que me esforce, ainda não será o bastante para retribuir a altura da graça que recebi.

Meu objetivo é levar a luz do Johrei e a salvação a muitas pessoas que, sem saberem como sair do estado de sofrimento, buscam somente soluções paliativas para suas dores físicas e espirituais.

Agradeço a Deus, a Meishu-Sama e aos meus antepassados, pois tenho a certeza de que cheguei até aqui conduzida por eles. Da mesma forma, agradeço a todos que, com muito carinho e paciência, me acompanharam nesse processo de evolução.

Muito obrigada.